Blog Outcenter

eSports: conheça o segmento de jogos online que conquista fãs no mundo todo

Febre no mundo, os eSports movimentam a economia
| Comente
eSports: conheça o segmento de jogos online que conquista fãs no mundo todo

Se você conhece alguém que é vidrado em jogos online, provavelmente essa pessoa está inserida no mundo dos eSports, ou eletronics sports. Os esportes eletrônicos ou competições profissionais de jogos eletrônicos são populares entre os jovens do mundo todo, conquistando até as celebridades como o jogador de futebol Neymar, que sempre posta no Instagram sua paixão pelos games.

Para entender melhor o universo dos jogos eletrônicos convidamos os gamers e colaboradores da Outcenter Luiz Felipe e Lelces Vieira, e o especialista em organizar competições Samuel Henrique, para contar um pouco desse segmento que cresce cada dia mais.

ORIGEM

A primeira competição conhecida de esporte eletrônico ocorreu no ano de 1972, na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, sendo o jogo Spacewar estreante da modalidade. “A competição foi nomeada de Intergalactic Spacewar Olympics (Olimpíadas Intergalácticas de Spacewar). A grande premiação seria 1 ano de assinatura da revista The Rolling Stones, mas o que realmente motivou os jogadores foi a possibilidade de ganhar o título de campeão.”, explica Samuel.

Com o passar dos anos os eSports conquistaram proporção mundial, sendo que a partir da década de 2000 houve grande crescimento, graças aos lançamentos de jogos que estimulavam a competitividade. No ano de 2000 totalizaram 10 torneios no mundo, passando para o número de 160 torneios em 2010.

CHEGADA AO BRASIL E REPRESENTATIVIDADE INTERNACIONAL

Os jogos eletrônicos chegaram ao Brasil com o Counter Strike 1.6, jogo que era um verdadeiro fenômeno nas lan houses brasileiras. “Foi com essa modalidade que o Brasil começou a deixar sua marca quando a MIBR, equipe brasileira, ganhou pela primeira vez um torneio mundial, a Electronic Sports World Cup, em 2006, levando para casa o valor de R$200 mil reais como prêmio. Isso foi o gás que impulsionou, cada vez mais, equipes brasileiras para representarem palcos internacionais.”, conta Samuel.

Samuel Henrique

A equipe brasileira mais vitoriosa da história dos eSports foi comandada por Gabriel Toledo, codinome FalleN, que em 2016 vestia a camisa da Luminosity Gaming. Gabriel e sua equipe conquistaram inúmeros campeonatos mundiais de Counter Strike: Global Offenssive e mantiveram-se por quase dois anos no topo da cena, faturando mais de R$3,85 milhões de reais somente no ano de 2016.

MERCADO QUENTE

De acordo com um estudo da Newzoo, consultoria especializada no mercado de games, o Brasil tem o terceiro maior público de eSports do mundo, ficando atrás apenas da China e Estados Unidos. Mas, no que diz respeito a torcida, os brasileiros levam o pódio! Pois a torcida brasileira é considerada a mais apaixonada do mundo. Não é só de futebol que o brasileiro gosta! Ainda, segundo estudos da consultoria de games, a projeção é que em 2019 o mercado dos eSports movimentem mais de $1.1 bilhão de dólares! Haja dinheiro, hein?

Percebe-se que no Brasil, o game que possui mais admiradores é o League of Legends, popularmente conhecido como LoL. O sucesso se deve, em grande parte, graças ao suporte dado pela produtora Riot Games, responsável por realizar, no país, o Campeonato Brasileiro de LoL.

Colaborador Lelces

Mas afinal, porque esses jogos são tão populares? “Os jogos eletrônicos conquistam por ser de graça e funcionar em qualquer computador. Além de ter um design muito bonito, é puro entretenimento. É difícil aprender a jogar, mas quando aprende o jogo te envolve. Também tem muita celebridade jogando esses jogos do eSports, o que acaba influenciando a galera.”, opina Lelces. Há também, quem enxerga nos games grandes oportunidades de vida, aliando lazer com trabalho. Por isso, é fácil perceber jogadores profissionais se dedicando para melhorar suas habilidades.

“Para os profissionais, o jogo pode deixar de ser apenas um hobby e virar uma profissão, com sacrifícios e muito treino. Os jogadores deixam de lado suas horas de lazer e de estudos tradicionais, para se especializar cada vez mais nos games.”, afirma Luiz Felipe. Sobre expectativas para o futuro, Samuel é positivo: “O ano de 2018 foi incrível para os esportes eletrônicos, mas chegou a hora de dar lugar para seu sucessor. 2019 chega com muita expectativa para o cenário competitivo em diversos games, com a promessa de muita emoção para times, jogadores e torcedores.”

Colaborador Luiz Felipe

Você curtiu? Agora responde o questionário abaixo sobre eSports. Queremos a sua opinião sobre o assunto!

Responder Questionário

Outcenter | + posts

Analista de Comunicação na Outcenter. Publicitária graduada pela
PUC Minas, atua como mídia. É criativa e perfeccionista. Tem paixão
por séries e tudo que tenha chocolate.

Entre em contato e tire suas dúvidas. Se preferir, ligamos para você! Ligue para mim

0800 283 3729 - Ligação Gratuita
4020 0865 - Ligação Tarifada (Custo de Ligação Local)

Comercial

Segunda a Sexta-feira, das 8h às 21h.
Sábado, das 9h às 14h.


Assuntos Financeiros, Negociação e Cancelamento

Segunda a Sexta-feira, das 8h às 18h.


Status de Pedido

Segunda a Sexta-feira, das 8h às 18h.
Sábado, das 8h às 21h.


Suporte Técnico

Atendimento 24h.

Atendimento Digital

Comercial

Segunda a Sexta-feira, das 8h às 21h.
Sábado, das 9h às 14h.


Outros Assuntos- Ass. Financeiros, Negociação e Status do Pedido

Segunda a Sexta-feira, das 8h às 21h.
Sábado, das 8h às 12h.


Suporte Técnico

Segunda à Sexta-feira, das 8h às 22h.
Sábado, das 8h30 às 18h.

Example Dialog Text